Renegociando minhas dívidas!

0

A palavra dívida não é uma das mais gostosas de se ouvir, muito menos vivenciar, porém, muitas pessoas estão convivendo com ela por diferentes motivos.

A renegociação da dívida é um interesse de muitas pessoas e apesar de ser algo que demanda cuidado e atenção é muito possível de ser feito.

Para te ajudar, listei 06 dicas simples mas que poderão te apoiar nesse processo.

  1. Saiba quais são as taxas de juros que você está pagando. Quanto mais conhecimento sobre sua atual /situação, mais facilidade terá para negociar.
  2. Se você tiver mais que uma dívida, saiba priorizá-la. Identifique aquela com maior taxa de juros e/ou aquela que implica no corte do serviço no caso do não pagamento.
  3. Saiba o quanto você consegue pagar por mês para evitar que você deixe de cumprir com o acordo feito. Para isso levante quais são seus gastos mensais e descubra o quanto você consegue guardar de dinheiro para quitar seu dinheiro. Você pode incluir nessa conta alguma economia extra.
  4. Se você tem algum dinheiro extra para ser utilizado para diminuir a dívida, como, 13º Salário, bônus salarial, hora extra, FGTS utilize-o.
  5. 5. Negocie o valor. Saiba que o seu credor tem tanto interesse em receber a dívida quanto você tem pra pagar, por isso, faça uma proposta que caiba no seu orçamento.
  6. E por último e não menos importante, não se esqueça de assumir uma nova postura com suas finanças, ou seja, de uma pessoa comprometida com seu próprio orçamento.

 

Não deixe de negociar pois além de conseguir melhores taxas de juros, você poderá ter o valor devido reduzido, além de resolver um problema que só iria crescer.

Gostou? Fique atenta(o) nas nossas próximas dicas e até a próxima.

Compartilhar.

Autor

Julia Drezza Gerente de sustentabilidade do Cartão Nova Paraisópolis e coordenadora do programa de educação financeira na comunidade Paraisópolis

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Powered by themekiller.com